Nova tarifa passa a valer no trem e metrô de SP

Integração sobe e Bilhete Único Mensal ainda é vantajoso.

A partir de ontem, 13, novas tarifas passaram a valer no transporte sob trilhos da capital paulista. Anunciado pelo governador João Dória (PSDB), o aumento de 7,5% acompanha a decisão da prefeitura da cidade, que no último dia 7 estabeleceu o valor de R$4,30 para os ônibus.

Agora, trem e metrô também passam a ter a tarifa básica custando R$4,30. Com a mudança, o preço da integração – o uso de modais diferentes durante uma viagem – também se modifica. Veja abaixo como fica o preço das integrações:

Valor integração Bilhete Único SP

Entre os dias 7 e 11 de janeiro, enquanto os ônibus custam R$4,30 e metrô e trem R$4,00, usuários da integração no transporte público pagaram uma tarifa intermediária. Os valores antes divulgados foram descontinuados em favor dos citados acima. Informações da SPTrans.

Bilhete Único Mensal e Diário

O preço dos bilhetes mensal e diário com integração subiram, mas com uma vantagem: o mensal passa a ser mais vantajoso para quem usa diariamente o transporte público e não possui nenhuma benefício, pois a diferença entre o que se paga no Bilhete Comum durante um mês e o valor total do Bilhete Mensal aumentaram em favor deste último.

Saiba mais sobre o Bilhete Único Mensal neste post atualizado sobre o tema.

Marcos Antonio Moreira
Editor de redação do Agora é Simples. Analista de Marketing na OnBoard Mobility. Mobilidade é uma de minhas paixões, compartilho aqui os melhores insights que encontro sobre o assunto. Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br