Bicicletas Yellow são vandalizadas na primeira semana em Belo Horizonte

O serviço de bicicletas compartilhadas Yellow estreou em Belo Horizonte na última semana, 14, com cerca de 500 bicicletas e 250 patinetes elétricos. Já presente em outras capitais brasileiras, como São Paulo e Rio de Janeiro, a empresa busca facilitar a mobilidade urbana por meio do compartilhamento de bicicletas sem estação e de baixo custo.

O modelo sem estação já é realidade em vários países do mundo, com destaque para a China com uma frota de milhões de bicicletas. Diferentemente do Bike BH, serviço de bicicletas da capital que possui estações pelo centro e próximo à Pampulha, as bicicletas Yellow podem ser deixadas em qualquer lugar – desde que não obstruem vias.

O saldo da primeira semana de atuação em Belo Horizonte parece positvo: pela região central é possível ver pessoas, principalmente jovens, utilizando as bicicletas e patinetes. A presença das “amarelinhas” também causa curiosidade; sempre que alguém pega uma é logo abordado por outra pessoa perguntando sobre como funciona.

Apesar do interesse, vandalismo também foi uma faceta da estreia na cidade. Relatos e boletins de ocorrência nos dão a dimensão de que muitas bicicletas foram depredadas e tentativas de roubo aconteceram. Durante o final de semana um total de 5 ocorrências foram registradas, de acordo com a Polícia Militar. Entre elas tentativas de roubo e até mesmo pessoas preocupadas com uma bicicleta parada sozinha na rua.

O registro abaixo mostra bicicletas atiradas no leito do Ribeirão Arruda, no bairro Santa Tereza, região leste de Belo Horizonte.

Entramos em contato com a Assessoria de Imprensa da Yellow e tivemos a seguinte resposta: 

A Yellow está neste momento trabalhando com o órgão responsável para recuperar as bikes.

Para evitar casos de furto ou vandalismo, os patinetes da Yellow funcionam das 8h às 20h e são recolhidos das ruas todas as noites. As bikes foram desenvolvidas com peças exclusivas, que não se adaptam a outros modelos.

Contamos ainda com um time de guardiões – nossa equipe de rua – que, além da parte de recolhimento e manutenção dos patinetes, é responsável pelo monitoramento e organização das operações também das bikes, em contato constante com as autoridades locais para evitar qualquer tipo de ocorrência indevida.

Todos os patinetes e as bicicletas Yellow são rastreadas por sistema GPS – o que já evitou episódios indesejados e ainda levou à recuperação de bicicletas e à apreensão de pessoas envolvidas nesses casos.

Importante ressaltar também que o usuário pode participar desta prevenção, fazendo denúncias tanto no próprio app como direto com a polícia, o que tem sido muito eficiente.

Marcos Antonio Moreira
Editor de redação do Agora é Simples. Analista de Marketing na OnBoard Mobility. Mobilidade é uma de minhas paixões, compartilho aqui os melhores insights que encontro sobre o assunto. Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br