Bilhete Único em SP tem novas regras de uso

Vale-transporte tem menos viagens que outras modalidades do Bilhete Único.

Publicado no Diário Oficial da Cidade no último dia 23, a gestão de Bruno Covas na Prefeitura de São Paulo atualizou regras do Bilhete Único. A partir dos próximos 90 dias passam a valer novos períodos de tempo e número de viagens no Vale-Transporte.

A partir de agora, essa modalidade conta com dois embarques em até três horas. Hoje são quatro embarques em duas horas.

Outra alteração foi a validade dos créditos: de cinco para um ano após a compra.

Bilhete Único anônimo

O Bilhete Único anônimo já havia sido descontinuado no ano passado, a partir do decreto, porém, os cartões ainda ativos passam a ser gradativamente desativados. Os créditos poderão ser realocados em cartões cadastrados.

Publicidade e novos meios de transporte

Buscando receitas o Bilhete Único poderá conter propaganda em seus cartões, com custeio da empresa interessada em ter sua marca atrelada ao cartão. O pagamento de outros modais de transporte, como bicicletas, patinetes, táxis e carros compartilhados também é uma possibilidade com o novo decreto.

Esse pagamento poderá, inclusive, ser feito de forma digital. O decreto também prevê a possibilidade de emissão de bilhetes virtuais, visando diminuir custos de emissão de cartões. Segundo o texto essa substituição poderá ser feita “desde que observadas a viabilidade técnica, as medidas de segurança e a eficiência necessária”.

Por fim, o decreto reafirma resolução que já existia sobre o nome social de travestis, pessoas transexuais no Bilhete Único. Anteriormente uma resolução já previa o respeito à identidade de gênero em serviços públicos.

Marcos Antonio Moreira
Editor de redação do Agora é Simples. Analista de Marketing na OnBoard Mobility. Mobilidade é uma de minhas paixões, compartilho aqui os melhores insights que encontro sobre o assunto. Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br