Onde comprar o Bilhete Único em São Paulo

Após anúncio do fim dos bilhetes anônimos pessoas correm aos postos para adquirir novo bilhete

Se você chegou agora em São Paulo ou precisa fazer um novo Bilhete Único se prepare: as filas estão grandes, principalmente após a prefeitura anunciar por decreto o fim do Bilhete Único Anônimo, fazendo com que os créditos possam ser perdidos se continuarem no antigo cartão.

O anônimo é um formato amplamente utilizado e que não possui vínculo do cartão com o CPF de algum usuário.

Com o fim iminente desse modelo, paulistanos correram aos postos de atendimento da SPTrans para conseguir um novo cartão e têm abarrotado os pequenos espaços espalhados pela cidade.

Você sabe como comprar o Bilhete Único? Primeiro, vamos para as diferenças…

Há duas formas de adquirir o Bilhete Único em São Paulo; solicitando de forma gratuita pela internet, com envio de foto 3×4 ou pagando R$4,30 (uma tarifa) pelo cartão, sem foto mas também sem cadastro online, tudo presencial.

Ambas as formas necessitam de associação do bilhete a um CPF para evitar fraudes. O Bilhete Único Personalizado, solicitado no site da SPTrans, no entanto, é o único com foto.

Se você tem mais interesse em comprar seu Bilhete Único e não tem tempo para fazer o cadastro online e esperar a aprovação da foto pela SPTrans, o melhor caminho é o Bilhete Único Comum com o cadastro simplificado

Nesse modelo, além dos R$4,30 que você paga pelo cartão é necessário, também, efetuar uma recarga de 5 passagens no ato de retirada do cartão. O total investido fica em R$25,80.

Para comprar seu Bilhete Único vá até um Posto de Venda e Atendimento da SPTrans. Confira os endereços. No dia leve seu CPF e documento oficial com foto.

Se quiser fazer o personalizado, com sua fotinho, acesse nosso artigo.

Apesar de dois modelos diferentes, ambos vão te dar um chá de cadeira na hora da retirada.

A startup OnBoard Mobility desenvolveu a entrega do Bilhete Único à domicílio com preços camaradas para a população. Inscreva-se no formulário abaixo para saber quando a iniciativa estará disponível.


Mudanças no Bilhete Único: quem precisa fazer um novo

Caso o seu cartão ainda seja o modelo abaixo, você está entre as pessoas que precisarão trocar de cartão.

Cartões anônimosOutros modelos anônimos eventualmente existem por aí, então tente se lembrar se, no dia que adquiriu seu cartão, você apresentou seus documentos ou não. Se a resposta for afirmativa, não se preocupe!

Outro problema desse momento de transição de cartões é que as filas de recarga ficaram maiores. O decreto da prefeitura limitou o valor da recarga em cartões anônimo para até R$48. Isso quer dizer que nenhum cartão anônimo poderá ultrapassar esse valor em créditos.

Com necessidade de fazer mais recargas, clientes do transporte público têm aumento idas à bilheterias.

Dica: faça a recarga pelo celular ou computador sem taxas.

Marcos Antonio Moreira
Editor de redação do Agora é Simples. Analista de Marketing na OnBoard Mobility. Mobilidade é uma de minhas paixões, compartilho aqui os melhores insights que encontro sobre o assunto. Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br