Prefeitura adia para setembro prazo para troca de bilhetes anônimos e antigos

Bilhetes anônimos ou emitidos antes de 2014 serão cancelados se tiverem saldo superior a R$43 em 1º de outubro

A SMT – Secretaria Municipal de Transportes e a SPTrans, que regula os ônibus e o Bilhete Único na capital paulista, prorrogaram o prazo limite para a troca de cartões anônimos e/ou anteriores a 2014 para 30 de setembro. Antes usuários precisavam trocar seus cartões até 1º de junho para mantê-lo ativo com saldo superior a R$ 43. Bilhetes Únicos que possuem saldo superior a esse valor de 10 tarifas (R$ 43) terão seu cartão cancelado – após o decreto de hoje, apenas em 1º de outubro.

Relembre: Decreto cancela Bilhete Único Anônimo com saldo superior a R$ 43 em 90 dias. 

A SPTrans orienta que os cidadãos troquem o quanto antes seu bilhete antigo, como nos modelos abaixo, por um novo, para evitar a concentrações próximas a data. Usuários têm esperado até 4 horas em fila para conseguir um bilhete e isso pode aumentar próximo do prazo limite.

Modelos que precisam ser trocados.

Em nota a SMT afirma que “A decisão de ampliar o prazo foi tomada para beneficiar os passageiros que ainda não conseguiram reduzir o saldo para menos de R$ 43”.

Segundo a secretaria existem cerca de 50 mil cartões entre os que serão cancelados caso possuam mais de 10 tarifas em 1º de outubro.

Para fazer um novo cartão o usuário do transporte público de São Paulo deve entrar no site da SPTrans e fazer um cadastro com envio de foto 3×4. Essa foto deve ser de frente, em um fundo neutro e será estampada no cartão.

Após a aprovação, o cartão poderá ser retirado em um posto de atendimento indicado.

Confira a nota da Secretaria Municipal de Transportes na íntegra:

A Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT), por meio da São Paulo Transporte (SPTrans), informa que prorrogou até 30/09/2019 o prazo para o uso do saldo do tipo Comum superior a 10 tarifas, o equivalente a R$ 43, nos cartões do Bilhete Único emitidos antes de 2014.

A decisão de ampliar o prazo foi tomada para beneficiar os passageiros que ainda não conseguiram reduzir o saldo para menos de R$ 43 e é publicada na edição desta quinta-feira, 23/5, no Diário Oficial da Cidade.

Cerca de 50 mil cartões com códigos 52, 59 e 110 estão nessa condição.

Inicialmente, a Portaria 50 de 5 de abril de 2019 previa que as mudanças ocorreriam a partir do dia 1º de junho. Agora com a prorrogação, é possível utilizar os créditos excedentes por mais 4 meses, até 30/09/2019.

Atenção!

Quem precisa trocar o Bilhete Único?

Somente quem possui no mesmo cartão as seguintes situações:

– utiliza somente crédito Comum;

– não tem créditos vale-transporte;

– o cartão foi emitido antes de 2014 ou é anônimo; e

– não utilizará o excedente de crédito comum acima de R$ 43 até 30/09/2019.

A SPTrans orienta o usuário a consultar a situação do seu Bilhete Único através do link http://www.sptrans.com.br/consultabilhete, antes de se dirigir a um Posto de Atendimento.

Quer praticidade? 

A OnBoard Mobility está desenvolvendo a entrega do Bilhete Único em casa. Deixe seus dados abaixo para saber do lançamento em primeira mão. 

* obrigatório





Marcos Antonio Moreira
Editor de redação do Agora é Simples. Analista de Marketing na OnBoard Mobility. Mobilidade é uma de minhas paixões, compartilho aqui os melhores insights que encontro sobre o assunto. Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *