OnBoard Mobility vence desafio de inovação da NTU

Bilhete Digital foi a proposta mais bem avaliada

No último dia 21 o Seminário Nacional da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) abriu espaço para startups de mobilidade com seu programa de inovação o COLETIVO.

O projeto visa fomentar o desenvolvimento de novas soluções para o transporte público e o contato entre empresas emergentes e as operadores do transporte coletivo urbano.

O programa COLETIVO contou com algumas etapas de seleção e no Seminário 6 startups tiveram a oportunidade de apresentar seus projetos para uma platéia especializada na área.

A vencedora foi a OnBoard Mobility, criadora do Agora é Simples. Com sua solução de Bilhete Digital a startup foi premiada e será encubada pela NTU durante 6 meses, processo que colocará a empresa em contato com agentes importantes do mercado e fornecerá o apoio necessário para a aplicabilidade do projeto.

O Bilhete Digital, proposto pela startup, consiste na digitalização dos cartões de transporte, como o Bilhete Único. Os atuais sistemas de bilhetagem eletrônica são bastante caros e pouco flexíveis. Com o Bilhete Digital projeta-se uma carteira digital do transporte público que abranja outros serviços.

Hoje, o crédito no cartão serve apenas para transporte coletivo urbano, mas poderia servir também para transporte rodoviário, bicicletas, táxis, patinetes e pagamento de contas e compras. Com as margens de cada transação o transporte público consegue uma nova fonte de receita para investir em melhorias estruturais, algo impensável com a crise atual.

Além disso, o Bilhete Digital promete renovar a relação dos consumidores com os sistemas de transporte, deixando no passado filas para recarga, renovação de benefícios e confecção de cartão, como comenta Luiz Renato M. Mattos, CEO da OnBoard Mobility.

As outras competidoras no podium do desafio COLETIVO da NTU foram a Nina Mobile e a Areja.

A Nina é um botão em aplicativos de transporte coletivo urbano que registra casos de assédio. Suas APIs podem se integrar ao app principal de transportes da cidade, como é o caso de Fortaleza. As denúncias ajudam na notificação dos crimes e geram dados para o poder público combater as violências baseadas em gênero bastante comuns no país.

Segundo informações da operação Nina em Fortaleza a cidade registra casos de assédio a mulheres a cada 3 horas no transporte público.

Outra colocada foi a Areja, dispositivo colocado na carroceria dos ônibus que permite a refrescamento do ambiente sem os altos investimentos em ar-condicionado. Apresenta-se como uma alternativa viável economicamente para qualificação das viagens por ônibus com menos investimentos e gasto de energia.

Foto: NTU

O Seminário Nacional da NTU aconteceu entre 20 e 22 de agosto em Brasília. O evento acontece todos os anos.

Marcos Antonio Moreira
Editor de redação do Agora é Simples. Analista de Marketing na OnBoard Mobility. Mobilidade é uma de minhas paixões, compartilho aqui os melhores insights que encontro sobre o assunto. Me escreva: marcos@agoraesimples.com.br

Deixe uma resposta